Raio-X do corona vírus

O que é na verdade uma das pragas do apocalipse e não mais uma onda de pandemia conforme a humanidade já vem acostumada... Mas que nesse caso atinge e afeta também âmbitos espirituais.


Pela primeira vez na história da humanidade o ser "humano" está acabando em se acostumar até mesmo com a morte, ainda que de tal forma trágica e agonizante.

Nunca a INCONSEQUÊNCIA e a IGNORÂNCIA se fizeram tão presentes. Ainda que em pleno período evolutivo e de abundante informação. E isso prova que tal "vírus" na VERDADE e dessa vez atingiu e ainda atinge primeiramente a mente; o cérebro das pessoas, as privando de suas faculdades racionais. E assim transformando umas numa espécie de zumbis e outras já em verdadeiros demônios a se somarem com outros que por outras formas aqui já estavam. E basta observar certos comportamentos para se certificar disso (nem é questão de fé...). VEJAM que ainda diante de tal situação catastrófica há desvios de verbas, doentes sendo ensacados vivos (dados como mortos) a troco de dinheiro, descarados DEMÔNIOS no corpo de enfermeiras(os) ASSASSINANDO ou no mínimo expondo a morte idosos com falsa vacinação, sabe-se lá a troco de que... E muitas ações mais e que de racionais e humanas não tem NADA.


Os que DE FATO já esperavam por tais coisas... E agora consequentemente protegidos por DEUS, não tem o que temer nem nada a perder. Já os HIPÓCRITAS e pretenciosos irão até cansar em suas esperanças nos que se julgam capazes de evitar o Apocalipse e de terem poder sobre tais coisas. Enquanto o máximo que fazem é adiar e piorar ainda mais suas situações.

Portanto quem tem OLHOS que veja... Pois os que insistem em ignorar, LITERALMENTE já estão se achando entre choros e ranger de dentes.

Desde que nasci venho dizendo e em 2000 escrevi em livro, que aquele seria de fato o ano do fim dos tempos do homem. E pelo menos ao meu ver, o que a Terra tem se tornado, de lá pra cá... E cada dia mais, é uma nítida habitação de demônios

www.facebook.com/144online - HUMANIDADE JÁ ERA

2 visualizações0 comentário